sábado, abril 10Notícias
Shadow

Vazamento de dados cresceu exponencialmente em 2020; saiba como proteger sua empresa

Estudos apontam que tentativas de fraudes que expõem a fragilidade da segurança da informação nos negócios mais do que dobraram no primeiro semestre do ano
Junto com o crescimento do trabalho remoto e a necessidade de adaptação do modelo de negócio das empresas, a pandemia trouxe consigo um problema que coloca em risco a segurança das empresas: o vazamento de dados. Segundo a consultoria Kaspersky, no primeiro semestre de 2020 as tentativas de fraude neste sentido mais do que dobraram na comparação com 2019 e os ataques de ransomwares cresceram 300%. Neste segundo cenário, informações valiosas para os negócios são sequestradas, comprometendo inclusive continuidade de uma empresa.

Jean Jader Martins, diretor da Global Gate DC, empresa especializada em soluções de segurança de dados, destaca que o momento exige uma análise minuciosa da estrutura das empresas e suas fragilidades. “O cenário que vivemos atualmente evidencia ainda mais a importância da preservação da estrutura de informações. E manter essa segurança vai muito além de boas práticas na rotina dos profissionais. É preciso pensar na infraestrutura como um todo, especialmente no tipo de tecnologia utilizada, local para a armazenagem das informações e quais as contingências e ações estão prontas para serem executadas quando um incidente acontecer”, diz.
O executivo destaca que contar com uma infraestrutura eficiente para a gestão e armazenagem de dados é o primeiro passo para evitar problemas neste sentido. “Uma das ações assertivas é optar por estratégias híbridas, entre a empresa e um data center, por exemplo, que entregam alta disponibilidade, performance, escalabilidade e segurança. Estas estruturas levam em consideração uma série de cuidados que garante à empresa todos estes critérios, com a facilidade de pagar apenas pelo uso, poder licenciar seus sistemas operacionais também como serviço e ainda pagar em reais e com todos os impostos inclusos”, destaca.
Além do investimento em cibersegurança, Martins diz que o treinamento das equipes e a inclusão de boas práticas na rotina da empresa fazem a diferença em relação à proteção das informações. “Uma consultoria pode ajudar a encontrar os pontos mais vulneráveis no dia a dia do negócio e vai apoiar na criação rotinas, dispositivos e ações para assegurar a integridade dos dados e a continuidade do negócio. Utilizar soluções de bloqueio a ataques, como Anti DDOS, conexão com criptografia, backup com proteção anti ramsoware, antivírus para os usuários, orientação sobre e-mails suspeitos e os tipos mais comuns de ataques neste meio, também é fundamental”, comenta.

Brasil é mais suscetível a vazamento de dados
A necessidade de investimento de negócios brasileiros em segurança da informação é uma urgência comprovada. Segundo o Instituto Ponemon, em 2019 63% das PMEs do país sofreram algum incidente com dados. Para reverter o quadro, que pode comprometer o investimento de clientes e o próprio crescimento do negócio, é preciso atentar para as boas práticas as orientações legais.
“Existe, inclusive, uma norma de qualidade voltada especificamente para o gerenciamento da segurança da informação. É a ISO 27001. A questão não é “se” vai acontecer, mas sim “quando” vai acontecer. As empresas não estão imunes, mas precisam de fornecedores que se certifiquem a nível de ambientes, produtos, serviços e profissionais para que possa efetivamente ajudar seus clientes a mitigar os riscos e estar prontos para se recuperar rapidamente quando for necessário”, finaliza o executivo da Global Gate DC.

Sabrina Hoffmann
Assessoria de Imprensa | Produção de Conteúdo
(47) 992-467-215
www.trevocomunica.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *