sábado, abril 10Notícias
Shadow

Separação incorreta contamina 45% do lixo reciclável de Blumenau

Quase metade da coleta de lixo reciclável em Blumenau é contaminada por separação incorreta. A conclusão é da Gerência de Resíduos Sólidos do Samae. Das 700 toneladas de materiais recolhidos pela Racli todos os meses como lixo limpo, 315 toneladas (45%) vão parar no aterro de lixo comum.
O problema é a mistura dos recicláveis com materiais orgânicos. Isso ocorre tanto dentro das residências quanto nas caixas coletoras. Muita gente não atenta para as cores dos contêineres e deposita o lixo de qualquer jeito.
O descuido gera prejuízo duplo: ao meio ambiente e aos cofres do município. Cada tonelada não aproveitada representa um custo de R$ 194 para fazer o transporte até Brusque, onde fica o aterro. São R$ 61 mil mensais que vão, literalmente, para o lixo.

Quem faz a triagem desses materiais é a Cooperreciblu, que recebe o lixo reciclável como doação.
1 – Retire os restos de comida ou líquidos das embalagens.
2 – Embalagens de isopor não são recicláveis e devem ir para o lixo comum.
3 – Sacos plásticos com gordura não são recicláveis.
5 – Atenção às cores dos contêineres: verde é o lixo convencional; azul, o da coleta seletiva.

  • Papelão
  • Caixas em geral
  • Papel de escritório
  • Jornais
  • Revistas
  • Cadernos
  • Cartolinas
  • Embalagens longa vida (Tetra Pak)

Plástico

  • Embalagens de produtos de limpeza
  • Garrafas (refrigerante e iogurte)
  • Plástico filme
  • Frasco de plástico (transparente e leitoso)
  • Raio-x
  • Isopor (embalagens de móveis, eletroeletrônicos e eletrodomésticos)

Vidro

  • Garrafas de bebida
  • Vidros de janelas e portas
  • Frascos em geral
  • Potes de produtos alimentícios

Metal

  • Latas de alumínio (refrigerante, suco e cerveja)
  • Latas de produtos alimentícios (óleo, leite em pó e conservas)
  • Tampas de garrafas
  • Embalagens metálicas de congelados
  • Folhas de flandres
  • Ferros em geral
  • Sucatas de ferro

Nos casos de resíduos de vidro, é importante que o morador embale o material com papel ou jornal e identifique que se trata de vidro, para evitar lesões aos coletores.
Eletrônicos, lâmpadas, pilhas, baterias, pneus, medicamentos e embalagens de agrotóxicos e lubrificantes não são recolhidos pela coleta. O cidadão deve levar o produto ao estabelecimento onde adquiriu.

NSC Total

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *