quarta-feira, março 3Notícias
Shadow

Olheiras: dermatologista explica 3 tratamentos para diminuir a pigmentação

As olheiras são um problema muito comum que reflete de maneira visível nossos hábitos de vida, os cuidados que temos com a nossa pele e até revelam características genéticas do nosso corpo. Como elas tornam a fisionomia cansada, acaba trazendo incômodo a muitas pessoas.
Segundo a Dra. Carla Botasso de Almeida, Médica Dermatologista do departamento de Estética Avançada Sadalla Amin Ghanem, atualmente existem três bons tratamentos para minimizá-las.

Quais são as causas do aparecimento das olheiras?
Racial ou Genética: esse tipo de causa é característico de olheiras que formam uma sombra abaixo dos olhos, causada pela pigmentação excessiva do local. Elas aparecem cedo, surgem às vezes na infância e são associadas à predisposição genética e significam um excesso de vasinhos na região abaixo dos olhos, bem como deposição de melanina (pigmentação).

Stress e Cansaço: é a olheira circunstancial, produzida por noites mal dormidas ou fraqueza nutricional, mas que pode se cronificar se as causas não forem corrigidas. Cigarro, excesso de bebidas alcoólicas, café e até mesmo o período menstrual pioram o quadro, pois estimulam o fluxo sangüíneo e dilatam os vasos da região.
Bolsas de gordura: As bolsas ao redor dos olhos são consequência direta do acúmulo de líquido ou gordura na região. Essa concentração de substâncias oferece o aspecto da bolsa de gordura, enquanto o efeito visual é uma sombra abaixo dos olhos.

Como funciona o tratamento para as olheiras?
O Laser é um dos procedimentos que podem ser utilizados para minimizar as olheiras. Ele ajuda a destruir os pigmentos de melanina e promove o desenvolvimento de novo colágeno na derme e epiderme (aumentando a espessura e a firmeza da região). “A vantagem desse tratamento é a segurança e eficácia no processo de renovação da pele, já que sua ação se dá através do efeito térmico (calor), assegurando a produção de colágeno e elastina de forma controlada”, destaca a médica.

Outro tratamento é a Luz Intensa Pulsada, que possui uma tecnologia avançada que atinge tanto as manchas como os vasos das olheiras em várias profundidades de pele. Os pulsos de luz emitidos pelo aparelho são absorvidos pelos pigmentos escuros da olheiras (e dessa forma vão sendo degradados), tratando a hiperpigmentação de maneira bem localizada. O resultado é satisfatório no tratamento das olheiras escuras.
Já nas olheiras profundas o tratamento indicado é o preenchimento. “Nesse procedimento, o ácido hialurônico restaura o volume da pálpebra inferior e reduz a coloração”, afirma a dermatologista. Os resultados aparecem logo na primeira semana e melhoram com o tempo.

Dra.-Carla

Consulte um dermatologista
Cada tipo de olheira determina um tratamento e somente um profissional adequado pode ajudar a minimizá-las de maneira correta e segura. O dermatologista é o médico responsável por identificar o melhor tratamento para o seu caso.

Mariana Woj – Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *