sábado, abril 10Notícias
Shadow

Você já ouviu falar na medicina integrativa?

Ao se deparar com o processo de adoecimento, temos que entender que não podemos separar nosso corpo em partes, precisamos e devemos avaliá-lo num sentido mais amplo para buscar a cura.
Nesse contexto, a Medicina Integrativa cumpre seu papel ao abordar o indivíduo como um todo, não separando corpo mente e espírito, pois o foco é o equilíbrio dessa tríade, que quando bem alinhada favorece a manutenção da saúde e do bem-estar.
Como disse Hipócrates: É melhor olhar o indivíduo que tem a doença ao invés de olhar a doença que o indivíduo tem; aliás Hipócrates, leia-se “Pai da Medicina”, em seus diversos relatos deixa claro que a Medicina Integrativa está presente no seu dia a dia…

Segundo a tradição hipocrática, o mais importante para prevenir doenças é levar uma vida saudável, e quando a saúde não está presente é porque em algum determinado momento da vida, nossas escolhas (falo aqui de escolhas relacionadas ao habito de vida não saudáveis, descartando doenças genéticas que fazem parte do nosso meio) podem nos ter condenado à determinada situação de doença, por exemplo, os temidos fatores de risco modificáveis como sedentarismo, tabagismo, etilismo, obesidade que contribuem para morte de doenças cardiovasculares (AVC, IAM). Já é sabido que a mudança desses fatores de risco modificável contribui para diminuição da mortalidade por doenças cardiovasculares.
E você está esperando o que para começar hoje a mudar esses fatores de risco?
Buscando sempre a saúde e o bem-estar, a Medicina Integrativa busca unificar todas as influências que trazem benefício e auxiliam no equilíbrio e no cuidado com a qualidade de vida relaciona fatores emocionais, espirituais, ambientais, sociais e físicos que estão envolvidos no processo de adoecimento.
As terapias integrativas nada mais são que um conjunto de práticas voltadas ao cuidado humano, mostrando uma visão mais ampla no processo de cuidado da saúde e uma conexão maior entre o terapeuta e o paciente, onde muitas vezes uma equipe multidisciplinar está envolvida para melhor levar resultado e satisfação ao paciente.
Fazer a pessoa compreender que todas essas práticas trazem sim resultados magníficos é uma missão dos agentes de saúdes, e eu na função de Médico posso validar, que essas indicações de terapias integrativas associadas a outras práticas da medicina tradicional são eficazes e tão importantes na sustentação do tratamento e na busca por um equilíbrio que tanto buscamos e almejamos.
Praticar a Medicina Integrativa faz com que o paciente e/ou cliente (como queiram) sinta-se mais acolhido, valorizado, facilitando o processo de cura, pois muitas vezes o simples fato de parar para ouvir a necessidade ou a queixa trazida pela pessoa já é o suficiente para a retomada do equilíbrio emocional.
Vivo isso diariamente nos meus atendimentos clínicos, muito pacientes me dizem: “-Doutor só essa conversa que tivemos já me aliviou, já tirou o quadro de ansiedade que eu estava”.

A partir dessa prática diária fica claro que encorajar expectativas positivas e ser solidário com as pessoas, torna o processo da cura mais fácil. A Medicina Integrativa tem essa função de resgatar as pessoas, trazendo-as para sua singularidade e auxiliando no processo do autoconhecimento.
Praticá-la, portanto, potencializa a relação entre terapeuta e paciente, pois se enfatiza a cura e o cuidado e ainda tem o compromisso de focar no positivo.
Auxiliar as pessoas a mudarem e a entenderem que as suas escolhas podem mudar o rumo da sua saúde e bem-estar é uma tarefa inerente para quem pratica a abordagem integrativa.
Somos movidos por escolhas, elas fazem parte do nosso dia a dia desde a hora que levantamos pela manhã até a hora que vamos deitar para dormir.
Você é responsável pelas escolhas que você faz e como estão essas escolhas hoje?
Você se sente feliz com as escolhas que você está fazendo?
Ao acordar pela manhã, você pode escolher ser feliz, praticar a gratidão e o amor. Ou pode escolher acordar e reclamar do dia da chuva, do trânsito e não praticar empatia, mas tenha a certeza que isso vai impactar no seu dia…
Não podemos fugir das escolhas que fazemos diariamente, elas fazem parte da nossa vida e impactam positiva ou negativamente nossa saúde e nosso bem-estar.
Essas geram impacto na saúde física, mental e espiritual.
Pergunto:
As escolhas que você tem feito no dia a dia tem influenciado na sua saúde e bem-estar? Há uma conexão entre as suas escolhas e a sua qualidade de vida? O que #VC pensa sobre isso?
Como você age diante de uma situação de estresse? O que te remeto a pensar é sobre o que tem escolhido e o quanto essa escolha vai influenciar em todo o equilíbrio corporal, mental e espiritual.

Você tem escolhido cuidar do seu corpo e de sua mente? A alimentação que você escolhe é realmente uma ação consciente ou inconsequente?
Atividade física, sono, família, praticar um dogma, tudo isso faz parte das terapias integrativas que estão disponíveis para você, caso a sua escolha seja olhar para dentro de si e buscar o equilíbrio de uma vida plena e saudável. Escolha querer o melhor para #VC hoje!

Por Dr. Rafael Storino.

Dr. Rafael Storino – Médico da Rede Verità Care

Meu nome é Rafael Storino, Médico Clínico, formado pela Universidade do Vale do Itajaí, natural e residente em Itajaí. Sou pós-graduado em Medicina do Trabalho pelo Cenbrap. Curso pós graduação na área de Longevidade Saudável atualmente. Atuo como Médico Clínico em pronto atendimento, unidades de saúdes e empresas.
Desde cedo já tinha como decisão escolher alguma profissão que levaria para as pessoas alivio, alegria, saúde e amor. Escolhi ser médico e hoje realizado com a profissão que me faz ser uma pessoa melhor a cada dia. Carrego comigo e me reconecto todo o tempo em meus atendimentos uma frase de Carl Jung que diz “Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana.”.
Essa frase faz todo sentido não só para médicos, mas sim para todas as pessoas que fazem seu trabalho e lidam com pessoas no dia a dia com paixão e com amor. A medicina integralista busca unificar e entender o ser humano como um todo, respeitando e atuando de forma diversificada (dentre as varias terapias integrativas que existem) para levar cura e alivio para uma determinada necessidade do individuo. E nesse entendimento, sigo com meu trabalho diariamente, conciliando minha prática clínica à responsabilidade técnica na área de saúde e bem-estar da Rede Verità Care Franchising.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *