sábado, outubro 16Notícias
Shadow

2ª edição do projeto Ciclovia da Alegria arrecada bicicletas usadas para reformar e doar a crianças carentes no Natal

Rotary Club Blumenau Victor Konder inicia neste mês a coleta junto à comunidade e prepara cartilha de Educação no Trânsito em parceria com a PM e a Inspiracom

Às vésperas do Dia das Crianças, o projeto Ciclovia da Alegria volta com nova edição. A partir deste mês de outubro, toda a comunidade poderá se mobilizar para arrecadar bicicletas infantis em desuso, que serão restauradas e doadas a crianças carentes. A ação social do Rotary Club Blumenau Victor Konder, em parceria com o 10º Batalhão da PM de Blumenau e a Inspiracom Marketing e Comunicação, prevê ainda uma campanha de conscientização sobre regras de trânsito e segurança, realizada por meio de palestras e distribuição de cartilhas em escolas de Blumenau.
 

Presidente do Rotary Club Blumenau Victor Konder, Luiz Carlos Reiter explica que o projeto Ciclovia da Alegria, lançado no ano passado em condomínios da cidade, é atualmente a principal ação social da entidade. E nesta edição, o Rotary ampliou a coleta para toda a comunidade, com a meta de arrecadar pelo menos 100 bicicletas. “A proposta é dar um novo destino a este brinquedo que muitas vezes acaba abandonado em casa, e que após restaurado vai possibilitar a muitas crianças a realização de um sonho de infância: ter uma bicicleta”, destaca.
 

Cartilha de Educação no Trânsito
 

Uma outra novidade deste ano é que a Ciclovia da Alegria está sendo levada a escolas particulares, com o objetivo de estimular os alunos que têm bicicletas fora de uso a fazer doações. “A Escola Barão do Rio Branco já se engajou no projeto e a intenção é que mais colégios da cidade se interessem em fazer parte dessa corrente solidária”, acrescenta Reiter. Em junho, alunos de 8 a 10 anos da escola também participaram de palestras online com o tema “Educação no Trânsito: Regras aplicadas ao uso da bicicleta” e receberam mais de 300 cartilhas. 

A convite dos organizadores, os estudantes e professores da Escola Barão farão uma outra contribuição importante para o projeto. Um concurso de desenhos será promovido em sala de aula, na disciplina de Artes, com alunos do 3º e 4º ano. Serão sugeridos nove temas para os alunos desenharem e os trabalhos vencedores irão ilustrar a cartilha de Educação no Trânsito. 

A produção da cartilha é feita em conjunto com os parceiros do projeto, sendo a Polícia Militar responsável pelo conteúdo e a Inspiracom pela diagramação. De acordo com o Relações Públicas do 10º Batalhão da PM de Blumenau, Tenente Nícolas Vasconcelos Marques, o projeto ajuda na conscientização de crianças e adultos sobre a segurança no trânsito.

“A cartilha e as palestras que realizamos contribuem para repassar conhecimentos sobre as regras relacionadas ao ciclismo, como a condução segura e o uso de ciclovias e ciclofaixas. O conteúdo tem uma linguagem adaptada ao público infanto-juvenil, para que eles aprendam as regras básicas de trânsito de forma lúdica”, esclarece.

Voluntários e empresas parceiras
 

No momento, o projeto está em fase inicial, que compreende a sensibilização de empresas parceiras, o mapeamento de ONGs que irão indicar as famílias a serem beneficiadas e ainda a divulgação do projeto para incentivar a doação de bicicletas usadas e em bom estado. O objetivo é encerrar a etapa de coleta das bikes até o final de novembro, para dar tempo de fazer todo o trabalho de reforma e realizar a entrega delas em dezembro, próximo ao Natal.

O presidente da Comissão de Projetos Humanitários do Rotary Club Blumenau Victor Konder, Waldemar Hasse, ressalta que a adesão por parte dos empresários é fundamental para o sucesso do projeto. “Para fazer filantropia nos dias de hoje é essencial ter o apoio de empresários”, afirma.

Segundo Hasse, há uma grande necessidade de empresas que possam colaborar com a recuperação das bicicletas. “Contar com pessoas especializadas para ajudar na manutenção seria muito significativo. Toda e qualquer ajuda de empresários locais será muito bem-vinda, e podemos garantir que o resultado desse trabalho é muito gratificante”, pontua.  

COMO PARTICIPAR

  • PARA DOAR bicicletas usadas, os interessados podem levá-las ao ponto de coleta instalado na empresa Tapeçaria Italiana (Rua Bahia, nº 819, Bairro Salto, Blumenau)
  • A DOAÇÃO das bicicletas será feita a famílias em vulnerabilidade social, que serão selecionadas e indicadas exclusivamente por ONGs de Blumenau. O contato será feito diretamente com as famílias após a conclusão da reforma das bicicletas.  
  • PARA APOIAR o projeto por meio de cotas, as empresas interessadas devem entrar em contato pelos telefones/WhatsApp (47) 98801-8021 (Waldemar Hasse) ou (47) 99147-4789 (Luis Pardal).
  • INFORMAÇÕES entrar em contato pelos telefones/WhatsApp (47) 98801-8021 (Waldemar Hasse) ou (47) 99147-4789 (Luis Pardal).

Fabiana Roza
Assessoria de Comunicação 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *