domingo, novembro 28Notícias
Shadow

Planejamento estratégico 2022: aproveite a era de públicos que querem ouvir e se posicione

O ano entra na reta final e isso não é exagero. Tanto é verdade que 2022 está entre os tópicos urgentes de empresas mais atentas à necessidade de um planejamento estratégico de marketing. Em linhas gerais, é ele que servirá como um guia para a implementação de melhorias e mudanças para o ano que vem. Mas, se antes esse parar e pensar o futuro era algo necessário a cada dois, três anos, agora, diante da velocidade de mudança e fatores que surgem a todo momento e alteram planos de negócios, essa reflexão deveria estar em evidência a cada semestre, principalmente para quem quer inovar e se destacar no mercado.

E por onde começamos? O planejamento virou estratégia de guerrilha? Não! Ele se tornou uma força viva diária dentro da empresa. Planejar agora é um olhar 360º de informações que precisam de mais pessoas envolvidas. Então, para elaborar o seu para o próximo ano, converse com o público interno, que cada vez mais olha, sente e vê sua empresa. Ouça também o mercado, que não para de decidir por nós; os seus gestores que superam diariamente a velocidade na tomada de decisões; o seu conselho, já que cabe a ele a responsabilidade do “olhar de fora” para medir as ações estratégicas a serem adotadas; e, principalmente, os seus clientes. São eles que te proporcionam uma das melhores ferramentas de evolução: o feedback. Sem contar que, cada vez mais, necessitam da sua visão de parceira para que esse relacionamento siga forte e duradouro.

Com tudo tão veloz, as vezes, é necessário uma alteração muito ágil, novas estratégias, novos posicionamentos e aí, cabe o olhar da gestão, para entender tudo isso o mais rápido possível e se movimentar. Compreender a mudança de rota rápida para chegar lá é o grande desafio. Então, a melhor estratégia é cuidar da visão do amanhã e do contexto do hoje. Fazer um planejamento onde temos a escuta ativa de tudo, com foco no que a empresa é, sempre foi o melhor a se fazer. Aproveite a era de públicos que querem ouvir quem você é e se posicione.

A comunicação sempre foi um bom exemplo, afinal, ela muda na velocidade da luz. Novas redes sociais, mudanças nos algoritmos, linguagens que devem ser adotadas conforme o público, os memes, os conteúdos que viralizam. Como está a relação da sua empresa com tudo isso? Você já deve ter ouvido aquela frase “quem não é visto não é lembrado”, não é mesmo? Pois bem, assim como a comunicação serve de exemplo para mostrar que tudo muda rapidamente e que precisamos estar atentos, ela também é parte essencial de um planejamento estratégico bem estruturado. Você precisa saber onde o seu público está e como se comunicar com ele. Precisa se mostrar, ser visto. Seja com estratégias on-line ou off-line.

Planeje 2022 tendo a inovação como palavra-chave. Mas, não se esqueça que ela começa na cabeça dos gestores e na cultura da empresa. Organizações que inovam e saem à frente no mercado não param no tempo. Não ficam presas a planejamentos feitos há anos. Elas estão antenadas, em constante evolução, se permitindo mudar. Investir em infraestrutura e maquinário não é inovar. Inovação é fazer algo novo, mas que esteja na essência do negócio.

Com um novo ano chegando, é comum que novas metas e sonhos o acompanhem. Coloque tudo no papel, monte seu planejamento estratégico e, mesmo que a correria do mundo corporativo consuma seu tempo, reserve um momento junto de sua equipe para revê-lo. Analise, detalhadamente, o que está dando certo, o que precisa ser revisto, seja porque não deu resultado ou porque já ficou “velho” diante da velocidade em que tudo evolui. Evolua junto. Mas, não deixei para fazer isso apenas quando o calendário te mostrar que 2023 bate à porta.

Por Telma Gadotti, especialista em comunicação e negócios e proprietária da Ultra Agência

Camila Tibes
Oficina das palavras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *