domingo, novembro 28Notícias
Shadow

Depósito de gratidão: Você já parou para agradecer às pessoas que você ama?

Minha pergunta para você hoje é: O que vive em seu coração? Você costuma agradecer às pessoas? E dessas perguntas, desdobro para outras várias: Quais sentimentos permeiam sua vida diária e que lhe representam todos os dias? De que sentimentos sua mente tem se alimentado?
Manter sentimentos bons no peito é o que nos mantêm vivos e motivados! Nossos dias precisam de fé, amor, carinho, bondade e caridade para gerar energia positiva suficiente para criar cenários favoráveis em nossa vida.
Importar-se conosco mesmo e com o outro são caminhos que nos levam a disseminar sentimentos bons e replicá-los aos outros. Se todos percebêssemos esse movimento, o mundo seria um lugar totalmente melhor e com muito mais paz.
Meu convite a você é que busque acordar todos os dias planejando o bem, regando seu coração de coisas boas e não permitindo que um evento qualquer mine a boa essência que há dentro de você.
Os bons sentimentos que temos só podem ser corrompidos se deixarmos o que não é bom, reinar em nós!
Precisamos ser o bem que queremos ver no mundo, independente ‘desse mundo’ ser um lugar grande e potencialmente mau por conta das influências negativas que vivem nele.
Pequenas atitudes diárias, como agradecer às pessoas, podem mudá-lo, principalmente quando partem de dentro para fora, mudando em nós, primeiramente.
Que façamos o bem, espalhemos o bem, transmitamos o bem por onde passarmos, para que assim possamos promover uma influência tamanha no mundo, onde virtudes como a bondade, façam morada!
Desse modo, mais pessoas poderão ver que o bem ainda existe!

Nessa ideia gostaria muito de compartilhar com vocês o entendimento do americano Stephen Covey, que em sua obra intitulada Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes, apresenta formas de instaurar novos hábitos.
Isso nos permite sair da famosa zona de conforto e com isso, atingir nossas metas e objetivos, alcançando a realização e satisfação plena.
Segundo o autor, nossos relacionamentos são como contas bancárias, onde podemos diariamente realizar transações, como depósitos, retiradas e checagens de saldo.
A partir dessa metáfora, entendemos a possibilidade de agradecer às pessoas e projetar para a realidade do dia a dia nossa relação com nossos sentimentos e, por exemplo, verificarmos a quantidade de confiança que acumulamos em nossos relacionamentos.
Os depósitos somam nossa reserva de confiança um com outro, nesse ínterim, vamos acumulando confiança, ou sacando-a.
E como será que fazemos isso?

O autor nos ensina que, os depósitos são realizados através de gestos de gentileza, honestidade e cumprimento de compromissos feito entre as partes; os saques são realizados quando há falta de cortesia, desrespeito, desatenção, desconsideração e arbitrariedade; já o saldo é checado conforme o tipo de relacionamento, mais próximo ou mais distante.
Sabemos que administrar a conta bancária é um desafio, nem sempre conseguimos mantê-la “positiva”, e não acontece diferente com nossa “conta bancária emocional”.
Quando a conta está próxima do vermelho, ficamos apreensivos, os relacionamentos passam a ser mais tensos e automaticamente esses sentimentos imperativos nessa sintonia, dão a tônica para as palavras e atitudes, as quais passam a ser feitas com muito mais cautela.
É possível vivermos e vermos isso em diversos contextos: empresas, em nosso convívio social, e em nossas casas com nossas famílias. Agradecer às pessoas é essencial!
Como proceder para manter essa nossa conta ‘no azul’, então?

Para que a conta fique sempre “positiva” (no azul), diminuindo a probabilidade de qualquer conflito, é essencial fazermos depósitos frequentes, que possam enriquecer essa conta, ‘o relacionamento’.
Através de uma comunicação rica e espontânea, numa linguagem compreensiva, fazemos os depósitos. Caso contrário, podem gerar saques por estabilidade na relação, ou até mesmo afastamento.
Mas um dos segredos sobre esse entendimento é não se importar em receber de volta todo o bem que você plantar, toda a energia que você colocar ou todo o bem que você desejar! Aquela coisa: Simplesmente faça, semeie, decida!
Uma hora as recompensas da vida chegam como um presente; quando a gente menos espera e na hora que a gente mais precisa, as surpresas positivas acontecem! Apenas acredite!
Vamos lá, então, no exercício de agradecer às pessoas, depositar bons sentimentos e energia positiva na vida dos outros!
DEPÓSITOS NA ALMA DE QUEM #VC MAIS AMA!

Eu deposito na conta do meu “pai”:
Toda a gratidão pelos conselhos valorosos sobre como ser uma pessoa boa mesmo quando o mundo faz tudo para contrariar;
Todo o agradecimento pelas “peladas’ do fim de semana, nas quais o melhor de tudo era ter tempo para “jogar conversa fora”, contigo pai;
Meu amor e minha gratidão pelo olhar amoroso sobre minhas falhas e o ensinamento de andar pelo caminho do bem;
Meu amor eterno e gratidão por Deus ter me dado o presente de ser seu filho/filha! Vc é a minha maior inspiração!

Eu deposito na conta do meu irmão/irmã:
Minhas desculpas pelas vezes que não fui o/a melhor irmão/irmã para #VC porque não entendia como fazê-lo!
Minha gratidão por ter em você é minha melhor companhia todos os dias.
Minha gratidão a Deus por ter me dado o/a melhor parceiro/parceira para todas as horas! Alguém que sabe como ninguém escutar as minhas loucuras!
Minha alegria toda por poder compartilhar contigo as melhores horas do meu dia!
Minha gratidão por eu poder contar contigo a toda hora, por você ser a minha referência de vida, de alegria, de parceria, de amor incondicional!
Meu pedido de desculpas pela minha intolerância e minha famosa “cabeça dura’ quando o que você sempre quis, foi me ensinar o caminho certo!

Eu deposito na conta do meu/minha melhor amigo/amiga:
As mais sinceras palavras de amor e gratidão pelo tempo de alegria que partilhamos juntos/juntas!
A gratidão pelo tempo de vida mais bem aproveitado que eu pude ter!
Toda a minha lealdade de gratidão por saber que tenho o/a melhor amigo/amiga da vida! Aquele/a que torce verdadeiramente por mim!
Muita alegria e vivacidade de quem sabe que no fim de semana tem mais “dia dos amigos”!
Minha mais nobre gratidão pelos momentos de escuta ativa e carinho com o qual me ouviu e tratou minhas questões. Só quem ama faz isso!
Minhas sinceras desculpas pelas vezes que a loucura do dia me impediu de ser a escuta mais carinhosa para você, meu/minha amigo/a!

Um abraço da

PSI

Sou Letícia Pozza, 41 anos, catarinense desde sempre, Psicóloga atuante na área Organizacional, mas com Formação na área Clínica e da Saúde e em Análise Corporal.
Executiva Nacional e responsável pela área na Rede Verità Care Franchising.
“Viciada em gente”, sou apaixonadíssima por processos mentais e comportamento humano e ligadíssima em tudo o que tem a ver com a energia…. Sou ThetaHealler desde 2020 e através desse entendimento, incorporei ainda mais conhecimentos à minha prática terapêutica. Minha inquietude científica me leva à viagens incríveis todos os dias e esse movimento adiciona sempre muita vida à minha vida! Leio por curiosidade, amor e necessidade…. Escrevo porque me encanta! Vivo a procura de encanto. (E você, vive em busca do quê?). Trabalhar com pessoas, relacionar-me com elas e conhecer suas histórias é a minha busca, e através dela vou criando minhas pontes. Nas minhas horas vagas, danço, leio e coloco no papel um pouco do que sinto dentro desse meu coração tempestuoso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *