quarta-feira, fevereiro 21Notícias
Shadow

4ª dose será autorizada para acima de 50 anos, diz Queiroga

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pediu para que a população procure os postos de vacinação contra a covid-19. A declaração foi realizada nesta 5ª feira (2.jun.2022). O Brasil enfrenta novo aumento de casos do coronavírus. A média de infectados nos últimos 7 dias superou 30.000 na 4ª feira (1º.jun)–algo que não era registrado desde março. A média subiu 72% em relação a duas semanas atrás. A estatística de mortes, no entanto, ainda está estável frente a duas semanas. Queiroga atribuiu o aumento às flexibilizações das medidas restritivas que evitavam a transmissão do vírus. “Isso não é só no Brasil. Isso é no mundo todo”, afirmou. Ele também confirmou que o ministério vai aplicar a 2ª dose de reforço da vacina para pessoas de 50 a 59 anos.
O Brasil segue lento na aplicação de doses de reforço. A 1ª dose adicional foi aplicada só em 40% da população, segundo dados do ministério desta 5ª feira (2.jun). O novo reforço será aplicado a partir de 4 meses da injeção anterior. Essa é a 4ª aplicação para aqueles que tomaram a CoronaVac, Pfizer ou AstraZeneca na 1ª dose.
O esquema primário dessas vacinas é de duas injeções. Já para aqueles que receberam Janssen (em que o 1º ciclo vacinal foi de dose única), essa é a 3ª aplicação. Com a decisão, aproximadamente 32 milhões de pessoas poderão receber a nova dose. São 7,3 milhões de profissionais de saúde e 24,3 milhões de brasileiros de 50 a 59 anos, segundo números do ministério e do IBGE, respectivamente. O ministério afirma que já tem as doses necessárias para as novas aplicações.

Fonte: Poder360

About Author