quinta-feira, junho 20Notícias
Shadow

Estacionamentos se tornam a resposta para a mobilidade urbana

Johnny Brandt

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), em 2020, a venda de automóveis cresceu 132%. Por mais que tenha sido vantajoso para o setor automotivo, as cidades têm sido cada vez mais afetadas com essa crescente. A falta de delineação urbana não prejudica apenas a mobilidade, mas também a qualidade de vida de quem precisa transitar diariamente por lugares mal planejados. São poucas cidades que priorizam esse problema, e nesse caso,um bom planejamento urbano pode impactar positivamente esses locais.

Um dos horários mais temidos tem sido os famosos “picos”, que ocorrem no início da manhã e depois se repetem no fim do dia. São nesses períodos que as pessoas costumam ficar mais estressadas, por conta das incansáveis horas perdidas no trânsito.

Podemos questionar e pensar qual seria a melhor maneira de solucionar esse problema. Se algo fosse elaborado, será que as cidades teriam um resultado imediato na mobilidade? Podemos relacionar o trânsito com as saídas das escolas, carros procurando um lugar para parar e estacionar. Essa situação,na maioria das vezes, dificulta o fluxo nas ruas. A solução seria proporcionar um local onde os automóveis pudessem estacionar com segurança, tecnologia e rapidez.

A tecnologia e facilidade dos estacionamentos

Conseguir uma vaga no centro da cidade não precisa ser mais um desafio. Os estacionamentos não são apenas um local onde os veículos ficam parados durante um período. Esses lugares ajudam a facilitar a mobilidade urbana, principalmente em horários de mais movimentação. Os estacionamentos movimentam o comércio local e proporcionam agilidade para estacionar, especialmente quando utilizam a tecnologia para facilitar a vida dos motoristas. Com esse avanço – que se reflete em sistemas para agilizar o pagamento, integrando catracas para abertura/fechamento ágeis, as pessoas estão mais propensas a abrir mão de vagas de estacionamento públicas, que podem ser usadas para proporcionar mais espaço para os pedestres. Para garantir a mobilidade, os pátios devem ser cada vez mais buscados, se posicionando como solução, com tecnologia que garanta segurança e agilidade ao motorista. Muitos estacionamentos já utilizam aplicativos que mostram quantas vagas estão disponíveis e o valor, por exemplo.

Com um bom planejamento, essa solução se torna indispensável para as cidades. A fluidez da mobilidade auxilia tanto no trânsito quanto na qualidade de vida. As ruas se tornam mais limpas, possibilitando o uso de outros meios de locomoção para a expansão das calçadas e ciclovias.

Além de todas as vantagens do planejamento urbano, os estacionamentos também auxiliam na movimentação da economia, gerando empregos para a população local. Para melhorar a mobilidade, é necessário entender que existem diferentes públicos que possuem necessidades e exigências únicas. E para atendê-los, o serviço oferecido precisa corresponder a essas demandas oferecendo uma proposta vantajosa, segura, eficaz e tecnológica.

Johnny Brandt é CEO da CloudPark, hub de mobilidade urbana, que desenvolve soluções para gestão de estacionamentos.