quarta-feira, maio 29Notícias
Shadow

Projeto que institui “Junho Verde” foi em abril de 2016

O Projeto de Lei Ordinária nº 20/2016, de autoria do Vereador AndersonBatata, que denomina e institui o “Junho Verde” foi aprovado em abrail de 2016 e hoje é o maior sucesso de educação ambiental.. Esta proposição surgiu em parceria com o hoje também vereador Jonas Lima.
O projeto prevê um mês dedicado ao meio ambiente. Os órgãos públicos ligados a este setor desenvolvem atividades alusivas à promoção e valorização do meio ambiente, reforçando a relevância da conservação da natureza, com foco no desenvolvimento sustentável e responsabilidade social.

A proposta antevê ainda que a Câmara de Vereadores também adote medidas para incentivar a campanha, tais como: economizar água e energia elétrica, substituindo gradativamente a atual iluminação por lâmpadas de led; aquisição de lixeiras identificadas para cada tipo de lixo reciclável; incentivo nas campanhas de conscientização por meio da Escola do Legislativo.

Sempre atento às questões ambientais Batata tem sua vida política pautada por projetos que visam melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e também por aqueles que conservem o meio ambiente em que vivemos.

Além de preservar, é preciso conscientizar a população do quão importante é termos a fauna, a flora e tudo o que envolva o bem-estar em harmonia, limpos e cuidados. Para que isso aconteça, constantemente incentivo e auxilio ações de plantio de árvores, arborização dos espaços públicos, limpeza de rios. Desde o início do meu primeiro mandato, já propus projetos para tratamento e reciclagem de óleo vegetal ou animal, em parceria com o vereador Osvaldo Metzner, substituição do uso de saco plástico de lixo e de sacola plástica por saco de lixo ecológico e sacola ecológica, obrigatoriedade do recolhimento de pilhas, baterias e congêneres, quando descarregadas, este em conjunto com os vereadores José Klock e José Carlos Mandel, e ainda sobre a substituição do papel convencional por papel reciclado na impressão dos carnês de IPTU no município de Indaial.

Ainda nesta linha, levou à Câmara o projeto sobre a instituição do Dia Municipal das Aves e que também destaca a Saíra-de-sete-cores (Tangara Seledon) como ave símbolo do Município de Indaial. A saíra foi eleita pela população indaialense, com 4.798 votos, no primeiro semestre de 2009, por meio de uma consulta popular, que envolveu cerca de 30% da população da nossa cidade. A votação para a escolha da ave como um dos símbolos do município foi a primeira feita nesses moldes no Brasil.