quarta-feira, abril 24Notícias
Shadow

Litoralização: sonho de viver perto do mar impulsiona construção civil de Santa Catarina

DCIM100MEDIADJI_0057.JPG

Santa Catarina foi o segundo estado que mais cresceu em população no país entre 2010 e 2022, de acordo com o Censo. Segundo a Amfri, somente na região composta por 11 municípios a população deve dobrar de tamanho nos próximos cinco anos. Fenômeno chamado “litorização”, a busca por viver no litoral, também impacta na construção civil que desponta em valorização imobiliária nacional.

Outubro, 2023 Com 7,6 milhões de moradores, Santa Catarina cresceu 21,8% entre 2010 e 2022. Ao todo, 1,36 milhão de pessoas passaram a viver no estado que teve o segundo maior crescimento absoluto, atrás apenas de São Paulo. Somente a região da Amfri – Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí composta por 11 municípios (Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Luiz Alves, Navegantes, Penha e Porto Belo) passou dos 800 mil habitantes, segundo dados do último Censo 2022, divulgados pelo IBGE, além de contarem com cidades que estão no topo da valorização imobiliária. Segundo o presidente da Amfri, Paulino Muller, a população deve dobrar na região nos próximos cinco anos.

“O crescimento da Amfri é algo que não existe no Brasil. Nossa região cresceu muito nos últimos dez anos, claro, principalmente por conta da pujança da construção civil. O crescimento das nossas cidades, como Itapema e Porto Belo, chama muita atenção. Elas deram um boom imobiliário nesses últimos três anos, fora da curva. Isso se dá também pelo êxodo rural de cidades do interior para o litoral, além das oportunidades que a região dá aos jovens. Temos dois portos, um aeroporto e o maior parque temático da América Latina, além de outros atrativos turísticos e belezas naturais do litoral”, diz Paulinho Muller, presidente da Amfri.

Entre as construtoras que atuam na cidade, a WSelent Empreendimentos, estima que a procura por imóveis na região de Itapema e Porto Belo tenha crescido em 2023. A demanda é tanto por moradores quanto investidores, das mais variadas partes do país, por seus empreendimentos, como é o caso do Porto Belo Home Club, o maior da região, que teve uma valorização média de 35% ao ano desde o lançamento em 2019 e um salto na procura de 89% no primeiro semestre de 2023.

“Vemos como essa dinâmica de procura pelo litoral catarinense impacta na construção civil, o que também gera reflexos para a geração de empregos e renda para a região. Hoje, apenas a WSelent soma mais de 170 empregos, entre diretos e indiretos, principalmente em Itapema e Porto Belo, onde se concentram os principais empreendimentos da construtora”, comenta a vice-presidente da WSelent, Pâmela Selent.

Sobre a WSelent
A construtora WSelent já possui três empreendimentos entregues na cidade catarinense de Itapema: Carmel Residence, Château Margaux e Château Neville. Outros seis residenciais estão em andamento, sendo um em Porto Belo, que é um dos maiores home clubes da região. Em pouco tempo, a construtora se tornou reconhecida por sua cultura direcionada em proporcionar qualidade e conforto aos seus moradores tanto nas áreas comuns quanto nos apartamentos. A WSelent Empreendimentos se destaca pela solidez, pelo sistema de gestão, pelo alto padrão de acabamento, pela transparência com seus clientes e por cumprir os prazos de entrega. Além disso, a construtora utiliza modernas tecnologias construtivas durante suas obras que refletem na excelência dos seus produtos, do seu atendimento e pós-venda.
Mais informações: https://wselent.com.br/

About Author