terça-feira, abril 23Notícias
Shadow

Dra. Fernanda Cassain explica Mitos e Verdades sobre acne na mulher adulta

Na busca por compreender as nuances da acne da mulher adulta, a Dra. Fernanda Cassain, médica pós graduada em dermatologia, esclarece as diferenças entre essa manifestação e a acne vulgar, destacando a peculiar resposta do corpo feminino aos androgênios.

A Acne da Mulher Adulta, segundo a Dra. Cassain, pode surgir desde a adolescência e não se limita ao aparecimento após os 25 anos, como muitos acreditam. A definição da Organização Mundial de Saúde considera o término da adolescência até os 25 anos, ampliando o entendimento sobre essa condição.

As causas da acne nessa faixa etária são diversas, incluindo predisposição genética, alterações hormonais, aumento da produção de sebo e crescimento bacteriano na pele. A identificação se a condição persiste desde a adolescência ou se surge na vida adulta é crucial para determinar o tratamento adequado.

A Dra. Fernanda destaca que o aumento da prevalência da acne na mulher adulta está associado ao uso crescente de DIU hormonal, chips da beleza e anabolizantes. Sobre o chip da beleza, a médica ressalta que nem sempre é necessário retirá-lo, pois existem tratamentos para controlar os efeitos colaterais, sendo cada caso avaliado individualmente.

Quanto à influência da alimentação, a doutora destaca que a dieta desempenha papel significativo no surgimento da acne. Restrições de carboidratos, alimentos hiperglicêmicos, leite desnatado e carboidratos simples podem agravar a condição, assim como o uso de whey protein. Em relação ao chocolate, a dermatologista esclarece que é o leite do chocolate, não o cacau, que está associado à acne, sugerindo opções com cacau 70%.

Sobre o tratamento, a médica indica que a escolha entre tratamento tópico e oral depende da gravidade e características individuais. O tratamento tópico é preferido para casos de acometimento facial, enquanto o tratamento oral pode ser necessário para lesões em outras áreas do corpo. Opções como Isotretinoína, Espironolactona e antibióticos são consideradas, sendo crucial identificar a causa específica da acne.

Para desmistificar concepções equivocadas, a médica aborda alguns mitos, como a crença de que a acne é causada por má higiene, ressaltando que fatores internos e externos contribuem para a condição. Além disso, desmistifica a ideia de que a exposição ao sol trata a acne, alertando para os efeitos rebote da exposição excessiva.

Por fim, a Dra. Fernanda destaca ainda a importância de hidratar a pele oleosa, equilibrando o microbioma para potencializar a eficácia dos tratamentos. Com seu conhecimento aprofundado, a dermatologista busca fornecer informações claras e orientações valiosas para aqueles que enfrentam a desafiadora batalha contra a acne na fase adulta.

About Author