terça-feira, abril 23Notícias
Shadow

Projeto busca auxiliar comunidades que vivem em condições precárias causadas pela crise climática

Iniciativa Nordeste pela Resiliência Climática, da ONG Visão Mundial com BHA, acompanha cidades brasileiras atendidas pelo projeto

O projeto Nordeste pela Resiliência Climática foi lançado no primeiro semestre de 2023 pela Visão Mundial, organização que atua no Brasil há mais de 40 anos, em parceria com o Bureau de Assistência Humanitária (BHA) da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID). O objetivo é reduzir os riscos a que as comunidades pobres estão expostas, ampliando o conhecimento e a prevenção a desastres climáticos nas regiões do Nordeste. 

O projeto atua nos estados de Alagoas, Bahia e Pernambuco para reduzir a perda de vidas, bens materiais e de meios de subsistência. Com isso, implementou o programa focado na Política e Prática de Redução de Risco a Desastres (DRRPP). Em dois anos, a iniciativa prevê atingir diretamente 52 mil pessoas nos três estados.

Para fortalecer o projeto, neste mês, os representantes do Bureau de Assistência Humanitária (BHA) estarão nas cidades do Brasil para conhecer de perto as comunidades envolvidas e os resultados do primeiro ano da iniciativa. Somente nas seis cidades que serão visitadas, mais de 1.120 pessoas foram envolvidas e impactadas diretamente pelo Nordeste pela Resiliência Climática. 

“Estamos chegando ao final do primeiro ano do projeto, conseguimos capacitar pessoas, aproximar as lideranças com a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, entendendo que cada um tem um papel importante diante da mitigação de riscos. A visita do time do BHA marca um momento importante e decisivo para as ações do segundo ano do projeto”, explica Renata Cavalcanti, diretora de Operações da Visão Mundial

Pernambuco

Em Pernambuco, a visita acontece nas comunidades Tururu e Ocupação Floresta, localizadas no bairro do Janga, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. Na região, que envolve ainda as cidades de Olinda, Abreu e Lima e Igarassu, foram realizadas oficinas temáticas sobre mudanças climáticas e capacitações intermunicipais que beneficiaram diretamente 80 pessoas.

A comunidade, juntamente com outras de Jaboatão dos Guararapes e do Cabo de Santo Agostinho, também no Grande Recife, participou de oficinas temáticas sobre mudanças climáticas, percepção de risco e prevenção de desastres, além de capacitações intermunicipais que beneficiaram diretamente 148 pessoas.

Alagoas

Em Alagoas a visita será concentrada em Maceió. Os representantes da BHA irão se reunir com o comando e a tropa do Corpo de Bombeiros que têm sido parceiros no projeto Nordeste pela Resiliência Climática. No total, os treinamentos de primeiros socorros, equipamentos de resgate e ações de evacuação já impactaram quase 70 pessoas.

Bahia

A Bahia fecha a agenda de visitas da BHA nos dias 26 e 27. Começam pela cidade de Santa Cruz de Cabrália, nos bairros Coroa Vermelha, Aldeia Pataxó-Thanguiruy, Pathiohnã, Capitão Luiz de Matos e Geraldão. Os representantes terão contato com as comunidades indígenas parceiras participantes do projeto, lideranças dos mais afetados pelas constantes enchentes e parceiros que acolhem famílias desabrigadas. Mais de 180 pessoas foram beneficiadas.

Em seguida, acontecerá à cidade de Belmonte, nos bairros de Vila dos Pescadores, Biela, Beira do Rio e Orla. A BHA irá se encontrar com líderes do projeto na comunidade de pescadores e marisqueiras, líderes afetados pelas constantes enchentes e parceiros que acolhem famílias desabrigadas e realizam atividades com jovens e crianças. Pelo menos 220 pessoas foram beneficiadas na região.

O segundo dia na Bahia será na cidade de Eunápolis, onde o projeto envolveu mais de 300 pessoas. Líderes comunitários, agentes de saúde, associações comunitárias, ambientalistas, diretores de projetos sociais e líderes religiosos, Polícia Militar, igrejas e centros sociais são parceiros do Nordeste pela Resiliência Climática na região.

Sobre a Visão Mundial

A Visão Mundial é uma organização humanitária que atua no Brasil há mais de 40 anos. Presente em mais de 90 países, a organização trabalha para promover o desenvolvimento sustentável das comunidades, com foco na proteção e garantia dos direitos das crianças e adolescentes. A Visão Mundial atua em parceria com famílias, comunidades, governos e outras organizações para criar um ambiente seguro e saudável para que as crianças possam crescer, aprender e se desenvolver. Saiba mais em www.visaomundial.org.br.

About Author