sexta-feira, abril 12Notícias
Shadow

Combate ao sedentarismo já chega aos modernos projetos residenciais

Estudo mostra que três a cada quatro pessoas consideram a academia um item importante no imóvel a ser adquirido ou alugado. Plano de ação global sobre atividade física da OMS prevê como meta ampliação e acesso mais fácil a espaços e equipamentos para atividades físicas e esportivas

O sedentarismo é sem dúvida um dos maiores males do Século 21, pois o problema é a principal causa de doenças crônicas não transmissíveis como as cardíacas, os acidentes vasculares cerebrais, diabetes e os cânceres de mama e de colo do útero. Essas enfermidades são responsáveis hoje por 71% de todas as mortes no mundo, conforme dados da Organização Pan-Americana de Saúde. 

O assunto é tão importante que a Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou plano de ação global sobre atividade física para reduzir comportamento sedentário e promover a saúde, e uma das metas previstas no documento é a ampliação e fácil acesso a espaços e equipamentos para atividades físicas e esportivas. Essa preocupação com o combate ao sedentarismo já chega aos modernos projetos de residências nos grandes centros urbanos. Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) revela que três a cada quatro pessoas consideram a academia um item importante no imóvel a ser adquirido ou alugado.

 A fisioterapeuta e professora de Pilates, Aline Santos, percebe na prática como o acesso mais fácil a locais e equipamentos para malhação é fundamental para desenvolver nas pessoas o gosto pelos exercícios físicos. “A facilidade de ter uma academia no condomínio, ou mesmo que seja um parque ou praça bem perto de casa, evitando que a pessoa fuja de transtornos como o trânsito e tenha flexibilidade de horário, contribui muito para que esse indivíduo abandone o sedentarismo”, afirma.

A  gerente administrativa Amanda Calegari é uma das alunas de Aline e admite que se não fosse o espaço Fitness Center do condomínio horizontal onde mora em Goiânia, o Plateau D’or, dificilmente teria tempo para incluir a atividade física na sua rotina agitada.

“Como já estamos construindo nossa nova casa no condomínio e o fitness center já está à disposição, eu decidi convidar a Aline para ser nossa personal e conseguimos encaixar no horário que meu marido podia. Para mim, faz toda diferença ter no quintal da minha futura casa esse espaço tão completo, pois é prático e contribui muito para nossa qualidade de vida”, destaca ela. 

Aline destaca que não somente o espaço fitness, mas todos os espaços direcionados para prática esportiva e de bem-estar e saúde dentro dos condomínios são muito relevantes. “Com a infraestrutura oferecida é possível, no conforto do lar, melhorar a saúde e a qualidade de vida”. Ela reforça que outro ponto de estímulo é exercitar com amigos, família e os vizinhos, o que dentro do condomínio é mais facilitado.  

Tendência

Segundo o arquiteto Luis Capote, do escritório paulistano Capote Marcondes Longo e um dos responsáveis pelo projeto do espaço Fitness Center dentro do condomínio Plateau d’Or, o local tem um conceito que vai muito além de uma simples academia. “No Center Fitness do Plateau d’Or, há uma vista interessante da mata e de um jardim exuberante. O local está protegido do sol, pois estamos em um lugar que faz muito calor. E se proporcionamos tudo isso, as pessoas tendem a treinar com maior intensidade. Portanto, não é um espaço só para se fazer atividades físicas, mas que traz a sensação de bem-estar assim que a pessoa entra nesse ambiente”, detalha o arquiteto sobre o local que foi projetado com toda infraestrutura necessária para a prática de exercícios e relaxamento. 

Luis Capote conta que o Fitness Center do Plateau D’Or é dividido em três três blocos: o life fitness, voltado para musculação e ergometria; o metalife, que dedicado para a prática de pilates; o terceiro bloco onde se concentra os equipamentos para as aeróbicas. “Uma grande preocupação ao projetarmos esse espaço foi com o conforto térmico e acústico. Além disso, priorizamos uma arquitetura que explorasse mais a luz e a ventilação naturais”, explica o arquiteto. Ao lado da academia, completam a área de esportes do condomínio uma pista de cooper, um espaço de convivência, uma saúna úmida e uma piscina de reabilitação, uma quadra de areia para beach tennis, e uma piscina para uso comum com três raias de 25 metros. 


Sobre o Grupo Mauá

Com 26 anos de história e atuação em 18 Estados brasileiros e em diferentes segmentos econômicos, o Grupo Toctao passou por um rebranding e agora passa a se chamar Grupo Mauá, uma holding que congrega seis empresas nas áreas de engenharia e edificações, energia, financeiro e tecnologia, ou seja um grupo especialista em soluções sustentáveis. Fazem parte do Grupo Mauá, a Toctao Soluções em Engenharia, Vila Brasil Incorporação, Teriva Urbanismo, HY Brazil, Vertente e Toctec.

About Author