segunda-feira, maio 20Notícias
Shadow

Mostra Brasileira de Foguetes ensina astronáutica e astronomia de maneira empolgante

Iniciativa gratuita transforma a ciência em algo lúdico e desafiador

Ensinar a ciência de modo lúdico e divertido. Esse é o objetivo da Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), que está com as inscrições abertas para a edição de 2024. Voltadas para estudantes dos ensinos fundamental, médio e superior, as atividades envolvem elaborar e lançar foguetes feitos de papel, canudinho, garrafa pet ou de tubo de pvc. Até o dia 1º de maio, as escolas participantes, não inscritas ou com cadastro inativo, podem inscrever seus alunos pelo link app.oba.org.br .

A MOBFOG é dividida em 5 níveis. O nível 1 é destinado aos alunos do 1º ao 3º ano do fundamental. O objetivo é construir e lançar foguetes de canudo por impulso de ar comprimido. No nível 2, estudantes do 4º ao 5º ano lançam foguetes de papel movidos por impulso de ar comprimido.

Já o nível 3 é para os matriculados entre o 6º e o 9º, que precisam elaborar e lançar foguetes de garrafa pet movidos com água e ar comprimido. No nível 4, alunos do ensino médio lançam foguetes movidos com vinagre e bicarbonato de sódio. Já no nível 5, alunos do ensino médio ou superior lançam foguetes de propulsão sólida.

Prazo da prova

Os estudantes podem lançar os foguetes até o dia 17 de maio. Para validar a participação, as escolas precisam enviar, de 18 a 31 de maio de 2024, as informações sobre os alcances dos foguetes para a organização da MOBFOG.

Melhores medalhistas

Os melhores colocados dos níveis 3, 4 e 5 são convidados para participar das Jornadas de Foguetes, que acontece na cidade de Barra do Piraí (RJ). A programação conta com palestras e oficinas práticas sobre astronáutica, astronomia e ciências afins com astrônomos e especialistas, observação das constelações, apresentação de alunos e lançamento de foguetes numa pista de pouso. Além disso, os participantes lançam seus foguetes e podem receber medalhas e troféus.

A programação também conta com o planetário itinerante da OBA. Durante as sessões, alunos e professores recebem uma aula sobre as constelações com imagens transmitidas por um projetor no teto de uma cúpula inflável.

Objetivo

Segundo o professor Dr. João Canalle, coordenador da MOBFOG e da OBA, o objetivo é mostrar que o estudo pode ser algo emocionante na vida do aluno e que é possível aprender ciência de modo lúdico e divertido.

  • Durante as atividades, os jovens conseguem aprender sobre física, astronáutica, química e astronomia, além de absorver lições sobre trabalho em equipe, liderança e inteligência emocional – comenta.

Edição anterior

Em 2023, participaram da Mostra Brasileira de Foguetes 288.984 estudantes de todos os estados brasileiros. No total, foram distribuídas quase 22 mil medalhas, de ouro, prata e bronze para os 5 níveis.

Organizadores

A OBA e a MOBFOG são realizadas pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e contam com o apoio da Agência Espacial Brasileira (AEB), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Deputados Federais Tabata Amaral, Janones, Vitor Lippi, Senador astronauta Marcos Pontes, UERJ, e é patrocinada pela Universidade Paulista (UNIP), Centro universitário Facens e BTG Pactual.

A OBA ainda tem como Embaixadores os canais Manual do Mundo, Space Today, Física Total e AstroBioFísica.