segunda-feira, maio 20Notícias
Shadow

Jorge Goetten ganha certificado inédito na Câmara dos Deputados em sessão solene do Dia da Terra

Selo “Carbono Zero” é concedido pela ONU

O deputado catarinense Jorge Goetten (PL) foi o primeiro parlamentar a receber o selo “Gabinete Carbono Zero” emitido pela Organização das Nações Unidas – ONU. A certificação ocorreu nesta segunda-feira (22), em Brasília, durante sessão solene promovida pelo deputado em reconhecimento ao Dia da Terra.

Para obter o certificado, o deputado tem feito o cálculo do carbono emitido pelo seu gabinete, desde a impressão em papel até o combustível gasto em automóveis e viagens de avião. “Pra compensar essa emissão, já fizemos a compra de créditos de carbono e plantei 125 árvores em Itajaí”, explicou.
Durante a sessão solene, que destacou a importância da preservação ambiental, o deputado trouxe à tona a proposta de fazer com que toda a Câmara dos Deputados seja Carbono Neutro. “Não vejo sentido em cobrar da sociedade sem dar o exemplo. Vamos implementar aqui na Câmara e mostrar pros demais poderes e pra população que é possível”, argumentou.

Segundo o deputado, o projeto já conquistou o apoio crucial do presidente da Câmara, Arthur Lira, indicando um passo significativo em direção a uma política ambiental mais abrangente e sustentável no âmbito legislativo.
Preocupação mundial
A sessão reuniu entidades, representantes do governo federal e estadual, empresas privadas e interessados no tema que debateram sobre o cenário atual e alternativas para que ocorra uma maior preocupação ambiental.
“Essa pauta não tem partido. Devemos todos, sem distinção, nos dedicarmos a mudar nossos modos de vida”, enfatizou o secretário nacional de Economia Verde, Rodrigo Rollemberg.

O Governo do Estado de Santa Catarina trouxe para a pauta o problema das recorrentes enchentes que têm atingido o Estado. “Garanto que o governo catarinense está muito preocupado com a questão do meio ambiente, atuando fortemente na prevenção de desastres climáticos”, afirmou a secretária de Articulação Nacional do Estado, Vânia Franco.
A gerente de relações governamentais da Natura, Giuliana de Paula Franco, destacou que a sustentabilidade vai determinar o futuro da iniciativa privada, “É muito importante estarmos antenados ao que está acontecendo quanto às mudanças climáticas, porque isso vai dizer qual será o tempo de duração de uma empresa”, destacou
Lápis que vira árvore

Como convite para que os demais deputados se interessem pela pauta, o deputado distribuiu um lápis que ao término do seu uso, pode ser plantado na terra pois contem sementes de imbuia, árvore típica do Sul do País.
Com a iniciativa, Goetten reitera seu compromisso com a proteção do meio ambiente e convoca seus colegas na Câmara dos Deputados a apoiarem essa importante iniciativa pelo futuro mais verde e sustentável para todos.