domingo, julho 21Notícias
Shadow

Com reestruturação a partir deste ano, Festitália quer ser maior evento de cultura italiana do país

Na 28ª edição, programação realizada em Blumenau (SC) evidencia impactos da cultura trazida pelos imigrantes italianos à Santa Catarina com destaque para a gastronomia. Evento será de 21 de junho a 2 de julho

Uma das programações mais tradicionais do turismo catarinense inicia um novo momento a partir de 2023. A Festitália, que neste ano chega à 28ª edição, passará por uma grande reestruturação de formato e na experiência dos visitantes. Nos próximos cinco anos, o evento será gerido por um time comandado por Norberto Mette, que esteve por muitos anos à frente de eventos como a Oktoberfest, o Festival Brasileiro da Cerveja e o Stammtisch. A programação vai de 21 de junho a 2 de julho, de quarta a domingo, no Parque Vila Germânica, em Blumenau (SC). 

Realizado pelo Lira Circolo Italiano di Blumenau, o evento destaca os impactos da cultura trazida pelos imigrantes. Em 2022 foram 30 mil visitantes. O planejamento da nova gestão quer levar a Festitália ao posto de maior evento de cultura italiana do país. 

Cacídio Girardi, presidente do Lira Circolo Italiano, conta que a profissionalização atende ao crescimento da Festitália. “O evento começou com os próprios associados, de forma voluntária, organizando a programação. Com o passar dos anos e a expansão do público, entendemos que, pela dimensão que a Festitália tem hoje e pode ter no futuro, é importante que ela seja gerida por especialistas”, comenta. Evoluções devem acontecer em todos os aspectos da experiência dos visitantes, especialmente na gastronomia.

Norberto destaca que, além da profissionalização, outro ponto central do planejamento do evento para os próximos anos é o entendimento de que esta não é uma agenda de Blumenau, mas de toda a região. “Há diversas organizações em municípios do Vale Europeu que celebram a cultura ítalo-brasileira. De restaurantes a grupos folclóricos e de estudo do idioma: nosso objetivo é integrar todas estas iniciativas em uma programação verdadeiramente regional”, explica Norberto. 

A Festitália teve a sua primeira edição em 1994. Desde o início, o evento se pauta no resgate e na manutenção da cultura dos imigrantes que partiram da Itália rumo a Santa Catarina a partir do século XIX. Na gastronomia, além dos pratos históricos, o evento se propõe a mostrar criações que aliam a influência italiana e os ingredientes regionais.